SEGUIDORES

domingo, 15 de julho de 2012

Em bom português: safari ou safári?

Já tinham saudades de um caldinho à moda da língua portuguesa? Então, trago-vos um belo safari/safári (do árabe sáfara, «viajar»). Sendo uma viagem atribulada, vamos por etapas:

1. O Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências de Lisboa e o Grande Dicionário Língua Portuguesa, da Porto Editora, dão-nos safari, enquanto o Dicionário Verbo se fica por safári.
2. Nos dicionários online, enquanto a Priberam apresenta as duas formas safári/safari, a Porto Editora regista apenas safári.
3. O Portal da Língua Portuguesa regista apenas safari, enquanto a Academia Brasileira das Letras apresenta unicamente safári.
4. O FLIP, na rubrica “dúvidas linguísticas”, dando conta da oscilação de perspetivas referida nos pontos anteriores, centra-se no Dicionário Houaiss como sendo aquele que tem a análise mais adequada: “Apesar de ser corrente a pronúncia desta palavra como grave (e muito rara a pronúncia como palavra aguda), dos dicionários publicados em Portugal, apenas o Dicionário Houaiss (Lisboa: Círculo de Leitores, 2002) regista a forma safári *1 (sendo a transcrição fonética [sa'fari], com acento tónico na penúltima sílaba), registando também a forma safari, mas como estrangeirismo. Esta opção parece ser a que mais se adequa à descrição do uso da palavra. (Helena Figueira, 26-Abr-2007).”
*1- Não é apenas o Houaiss a registar safári, uma vez que já encontramos essa versão na edição de 2006 do Dicionário Verbo que tenho cá em casa.
 
 
CONCLUSÕES:
1. Com base na Academia Brasileira das Letras e em todos os dicionários online (norma brasileira) que consultei, há apenas uma grafia para o Brasil: safári (palavra grave/paroxítona).
2. Para a nossa norma, safari (palavra aguda/oxítona) parece ser a versão a preferir. No entanto, a opinião da Priberam e do Dicionário Verbo levam-me a aceitar para o português europeu safari e safári.
Bom resto resto de domingo para todos!
AP

Nenhum comentário:

Postar um comentário