SEGUIDORES

quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

.sócio-económico/sócio-econômico ou socioeconómico/socioeconômico?

Fonte da imagem: AQUI.

Um amigo questionou-me sobre as malfeitorias que o Novo Acordo terá feito à palavra de hoje. Segundo ele, que é totalmente contra o NAO, este seria mais um hífen atirado para a poeira do esquecimento, desfigurando a palavra para sempre…
Não tem razão o meu amigo, pois a palavra não tinha hífen. Atente-se neste extrato de uma resposta dada no Ciberdúvidas em 2004: “Normalmente  o termo sócio aparece fundido com o segundo elemento, formando, portanto, uma palavra com um único acento tó[ô]nico (palavras formadas por aglutinação, na gramática tradicional), como, por exemplo, socioeconómico, sociolingu[ü]ística;

Importante:
Embora segundo as novas regras, a grafia correta fosse sempre socioeconómico, já era essa a grafia em vigor segundo o Acordo de 1945.

CONCLUSÕES:
Portugal (norma luso-afro-asiática)
 
socioeconómico
Brasil (norma brasileira)
 
socioeconômico e socioeconómico (dupla grafia)
Notas:
1. Segundo o Acordo de 1945, socio- era um dos casos em que havia sempre aglutinação, com uma fusão sistemática entre o primeiro e o segundo elementos, daí podendo resultar grafias como socioistórico ou socioumanitário. Com o Novo Acordo, como antes de h há sempre hífen, devemos escrever sócio-histórico e sócio-humanitário.
2. Os dicionários registam sócio-gerente, mas esse é um caso diferente, pois aí sócio é um elemento autónomo (um nome) integrado num composto (como médico-cirurgião ou tio-avô), regido pela Base XV do Novo Acordo; em socioeconómico temos o elemento de formação de palavras socio-, que exprime a noção de sociedade, fenómeno social, no âmbito da Base XVI.

Abraço!
AP

4 comentários:

  1. Podia tirar-me esta dúvida: pelo novo acordo, devo escrever «rabo de cavalo» ou «rabo-de-cavalo»? O Dicionário da Porto Editora opta pela primeira forma, mas o Dicionário Priberam e o VOP do Portal da Língua Portuguesa registam a segunda. Acho sobretudo estranho a posição do Portal, normalmente em acordo com a Porto Editora. Que lhe parece? São as duas legítimas?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite, Mário.
      Respondi à sua questão na mensagem que publiquei há pouco no blogue. Aqui fica o link: http://acordo-ortografico.blogspot.pt/2013/01/rabo-de-cavalo-ou-rabo-de-cavalo_11.html
      Cumprimentos.
      AP

      Excluir
  2. Olá António:
    Na realidade vim aqui para saber do socioeconómico e estou espantada por saber que já se grafa assim desde 1945! As coisas que ignoro!
    Cumprimentos e muito obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma caixinha de surpresas, a nossa língua! E ter dúvidas é natural. Quem não as tem não aprende...

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...